Infância Urgente

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Morre Michael Jackson



Morreu ontem vitima de ataque cardíaco, Michael Jackson!

Normalmente não daria uma informação como essa, até porque ela tem espaço na mídia por demais, porém acredito que algumas questões não sejam abordadas, ai sim dizem respeito aos debates que esse blog tem travado.

Jackson, se lança ao mundo através do grupo Jacksons Five, formado pelos irmãos Jacksons na década de 60, que se destacou dos demais por sua voz afinada e diferenciado dos demais irmãos, lançasse assim sua carreira solo e ascende ao maior patamar do mundo Pop ao lançar o vídeo Clip Thriller, considerado o clip que inaugura a utilização do clip para a divulgação de música.Depois desse reconhecimento musical a carreira do cantor foi ascendente, que o colocou no maior patamar do reconhecimento do mundo dito POP.

A história que pouco se fala e que nos interessa.

O seu pai Joe Jackson, que foi o organizador do grupo, tratava os filhos a base do chicote, espancava à todos e principalmente o menino Jackson, que era cobrado muito mais que todos por ser a maior estrela reconhecida pelo pai, as sessões de espancamento do pai nos ensaios, era muito conhecida e depois denunciada por vários dos irmãos Jacksons depois da morte do pai.

Essa é uma da questão, a outra era que nas Turnês, os irmãos Jacksons mais velhos, sempre levavam mulheres para suas orgias sem se preocupar com a criança Jacksons e as moças, sempre queriam tirar uma casquinha da estrelinha do grupo que era uma criança.

Não sou especialista em saúde mental, mas também pela minha experiência e trabalho com criança, vejo que existe um prato cheio de violação de todo tipo praticado contra ele. Qual foi o desdobramento de tudo isso? O cantor criou um mundo todo seu, comprando a mansão Neverland, reproduzindo um grande parque infantil, que "lembrava" a Terra do Nunca, vivia rodeado por crianças etc etc

O que acarreta na vida dele? Acusado de pedofilia, paga altíssimo para comprar o silêncio das famílias, faz diversas plásticas para não saber quem mais é, desenvolve manias diversas, se isola do mundo etc etc

É, aquela criança maravilhosa é triste, um personagem que encantou a minha geração, na década de 70 e 80, na década de 90 e nos últimos anos, se transforma numa "aberração" que passou os últimos anos sendo caçado por todos!

Não, não quero aqui livrar o astro do que ele possa ter vindo a fazer, quero aqui sim livrar a criança que não pode exercer a sua infância, por diversas insanidades que foram cometidas contra ele, que comprometeu em definitivo a sua vida, trasnformando-o na "aberração" mais vista e apedrejada, nesse circo da midia global!

Descanse criança, espero que a terra finalmente lhe seja leve!

9 comentários:

alinetita disse...

Muito interessante esse texto.
Sempre pensei extamente como vc.
Analisando a vida de Michael, vejo que o pai e a família dele, contribuíram para que ele se transformasse nessa figura estranha e bizarra.
Há alguns anos, a Rede Globo exibiu a minisérie "JACKSON FIVE", retratando o começo da banda, etc.
Nesta minisérie era exibida as cenas de violência e espancamento praticadas pelo pai de Michael, Joe Jackson, contra os filhos, principalmente Michal.
Lembro que fiquei chocada.
Michael apanhava, era chutado, etc...
As pessoas têm que entender que a base está na infância. Criar os filhos com amor, mas disciplina, sem violência.

Anônimo disse...

Eu também concordo com vc se ele fosse criado com mais amor e carinho,talvez não se tornaria esse esse ´monstro´.
E se nâo fosse por esse motivo qual seria ?Por que um adulto pediria para atuar como Peter Pan em um filme de um grande diretor?Nâo tem jeito tudo se baseia na infância.

Anônimo disse...

Eu também concordo com vc se ele fosse criado com mais amor e carinho,talvez não se tornaria esse esse ´monstro´.
E se nâo fosse por esse motivo qual seria ?Por que um adulto pediria para atuar como Peter Pan em um filme de um grande diretor?Nâo tem jeito tudo se baseia na infância.

Kátia disse...

Giva me sinto contemplada com este texto. Como jornalista e militante dos direitos da infância também faço essa leitura da vida de Michael Jackson. Sua história nos mostra que somos o resultado de uma sociedade que ama o consumo, a perfeição. Quem atua com infância, sabe muito bem que lamentavelmente histórias como essas voltam a se repertir e com aplauso do público de um circo midiático, sem respeito à infância. Tudo pelo sucesso, infelizmente. Parabéns pelo texto.

abraço
Kátia

Lu Oliveira disse...

Exatamente o que vc disse é o que eu pensava! Ninguém nunca analisou Michael Jackson como uma pessoa que tivesse tido uma infancia problemática, mas sim como um monstro sádico que gostava de criancinhas...
E as neuras que deviam passar na cabeça dele?
E a infância que ele nao teve??
E quem sabe a necessidade de mudar a aparência para nao se parecer com o monstro que destruiu sua vida?? Se derepente começássemos a analisar as dificuldades vividas, poderíamos entender as atitudes tomadas!

Abraços.

Renata Figueiredo disse...

BOA MEU BOM! EXATAMENTE! VC CHEGOU NO X DA QUESTÃO! FICO FELIZ QUE AINDA EXISTAM PESSOAS COMO VC! QUE ANALISA OS FATOS TAL COMO ELES SÃO EM VEZ DE SOMENTE JULGAR COMO FAZEM A MAIORIA DAS PESSOAS NESTE MUNDO INFERNAL! ISSO É UM FATO ISOLADO DO QUAL FICA EXPOSTO PELO FATO DO CARA SER UM ASTRO. MAS IMAGINE MEU QUERIDO QUANTAS CRIANÇAS NESSE MUNDO PASSAM POR COISAS ATÉ PIORES QUE MICHAEL?
TENHO TANTA DÓ QUE ME DÓI NA ALMA. QUANTAS CRIANÇAS NEGRAS SOFREM TODO TIPO DE PRECONCEITO? AQUI MESMO NO NOSSO BRASIL!
MICHAEL SEMPRE DIZIA Q GOSTAVA MUITO DE CRIANÇAS, VAMOS ANALIZAR! PSICOPATICAMENTE FALANDO ELE QUIS SER AQUELA CRIANÇA FELIZ QUE TODOS MERECEM SER PRA SE TORNAR UM SER HUMANO NORMAL! SÓ ISSO. TUDO QUE ELE FEZ E FOI SÃO SOMATIZAÇÕES DA BASE FAMILIAR QUE TEVE! ENTÃO VAMOS CUIDAR BEM DAS NOSSAS CRIANÇAS E DAR MUITO AMOR, POIS É ISSO QUE ELAS REALMENTE PRECISAM! OBRIGADA!

beatriz disse...

Muito interessante esse texto pois nos leva a olhar de uma outra perspectiva para esse caso.
Infelizmente se foi... uma das empregadas dele disse que em Michael não havia alegria, a tristeza era tão grande que só ela aparecia. Só tenho uma observação: o pai do Michael está vivo, e não morto como foi referido no texto.
Abraço!

Anônimo disse...

so não entendi uma coisa... se a violencia domestica do michael era assim de conhecimento publico vamos dizer... como que o juiz entrega a guardas dessas crianças para a mae de jackson??? onde ela esteve que não evitou nenhum abuso... e agora que esta mais velha e digamos mais indefesa como iria proteger as criaças desse avo?

Madoca disse...

Não acredito que Michael Jackson foi pedófilo. Acho mesmo que ele era inocente demais para sê-lo.
A questão toda resume-se em torno da triste e árdua infância de Michael ao lado de seu pai e irmãos. Claro que isso refletiria mais tarde em sua personalidade e ainda bem que os fatos não o transformaram em um monstro, como costuma acontecer com pessoas que sofrem traumas de infância.